27 de abril de 2010

WORLD CUP HUNGRIA: Problemas mecânicos na Distância Longa


A minha participação na Hungria terminou como começou: "mp".

Na Distância Longa, com 37 minutos de prova, ia bem lançado, mas numa zona de cortes de árvores um galho deu-me cabo do desviador trasseiro, fui obrigando a desistir!

Foi mau demais, ir para tão longe fazer um sprint vergonhoso, uma distância média sem brilho com muitos erros e não concluír a distância longa por causa da bicicleta.

Resta-me continuar a treinar, o Mundial é o grande objectivo!

5 comentários:

Almeida disse...

Força!
Resta-te continuar a treinar!!! É mesmo assim que se caminha campeão.
Abração
Augusto

bo disse...

De certeza não foi em vão! Melhores dias virão...Força!
Abraço
bo

Albano disse...

Daniel:
De azares já estás habituado e dás a volta sempre por cima, está é mais uma.
Nos mundiais vais estar em grande, força..
Albano

antunes disse...

Boas Daniel;

A orientação é isto mesmo.Um desporto onde mais do que qualquer outro exige capacidades para superar a imensidão de dificuldades e imprevistos com que os participantes se deparam.
Tu ainda vais passar certamente por mais alguns, mas todos acreditamos que com a tua perseverança, ainda vais ter e dar-nos imensas alegrias.Continua porque estás no caminho certo.

Cumprimentos
Antunes

Mário Santos disse...

Força Daniel! Só não acontece a quem lá não anda! As adversidades só nos tornam mais fortes!

Um abraço,

Mário