1 de agosto de 2009

Diagonóstico Saúde Frustrante a 1 Semana do MTBWOC em Israel


As minhas suspeitas de cansaço têm contornos preocupantes! Depois do regresso do europeu e da prova internacional da República Checa, continuei a treinar, e duas semanas depois surgiram sinais de fadiga evidentes. Juntamente com o meu treinador, procurei diminuir a carga e o tempo de treino, mas não adiantou nada. Após um ano a treinar diariamente para esta fase de provas internacionais, é frustrante ter sintomas de cansaço: FC repouso alta e fadiga muscular. Este cenário foi comprovado por análises sanguíneas, o indicador AST (aspartato aminotransferase - enzima responsável pela produção de energia na mitocôndria das células hepáticas e musculares) está 4 vezes superior ao normal, esta enzima quando está presente no sangue em grandes quantidades indica sobrecarga muscular ou problemas hepáticos. Nos últimos dias andei a fazer todos os tipos de análises para despistar eventuais problemas no fígado e felizmente não tenho qualquer doença hepática. As ordens do médico foram simples: descanso santo de pelo menos uma semana, não estou medicado, o tempo é a cura! O meu organismo precisa de recuperar dos últimos meses de treino intenso associado a uma vida de trabalhador-estudante. Cumpri um plano de treino exigente com pouca disponibilidade para descansar, esse foi o meu erro!!!

Vou para Israel dia 3 de Agosto, mas sem esperança de estar num bom momento de forma no campeonato do mundo! Vou procuar dar o máximo pela selecção, mas o meu quadro clínico não deixa boas prespectivas!

3 comentários:

Anônimo disse...

Boas dá o teu maximo e mais não és obrigado. Boa sorte para todos e cuidado com as minas e as mininas.

Joel Morgado

Albano disse...

Daniel:
O descanso até pode ser positivo, em muitas situações assim é. Por isso é preciso ter fé e acreditar que podes fazer um bom resultado.
Boa sorte.
Abraço
Albano

Anônimo disse...

listeners positioning figurative synergies stabilise exposition societies outthat furthermore mikhail partner
masimundus semikonecolori